Saiba quais acessórios que representam a época hippie e conheça sua história

Olá meninas, tudo bem com vocês?Neste post vou falar um pouco sobre o estilo Boho, que a cada dia conquista mais corações.❤️❤️❤️

O que é e onde surgiu essa moda?

O hippie ou Boho vem da palavra francesa Bhoemiam, que significa boêmio. No século XV era associado aos ciganos e até os dias de hoje traz muitas referências ciganas.

Para entedermos cada detalhe vamos entrar no túnel do tempo, especificamente no final da década de 60 e início de 1970 para entender como e porquê surgiu o movimento hippie.

Nos anos 60 foi a primeira vez a moda começou a se concentrar nos adolescentes.

Caracterizada pela mudança muita rápida nos modismos que rapidamente eram absorvidos e igualmente rapidamente precisavam ser mudados. Essa tendência revelava a imensa incerteza com relação ao futuro que os últimos acontecimentos sociais causaram e permitiram vir à tona um desejo intenso dos jovens de se rebelar. Pairava no ar uma atmosfera de ruptura.

A moda jovem era vendida tanto na Europa como nos EUA, sendo mais forte nesse último, em função do próprio aumento populacional gerado no Pós-Guerra nos EUA, o que já não aconteceu na Europa que estava traumatizada com as duas grandes guerras que a abalaram sócio, político e economicamente suas vidas.

O Rock in Roll parecia endossar a rebeldia que pairava no ar. A guerra do Vietnã marcou muito essa geração. Existiam muitos grupos de jovens cada qual com suas peculiaridades, por exemplo, os rockers, os mods….

Os anos 1960, acima de tudo, viveram uma explosão de juventude em todos os aspectos. Era a vez dos jovens, que influenciados pelas ideias de liberdade “On the Road” (título do livro do beatnik Jack Keurouac, de 1957) da chamada geração beat, começavam a se opor à sociedade de consumo vigente.

movimento hippie

Mais para o final da década de 60 e início de 1970,  algumas tendências com temas futuristas e a linguagem oriental foi a época do jeans recriados e todo a tendência da recriação. O crochê se tornou muito forte nesse período e se tornou tendência no vestuário, decoração e nos acessórios.

Após a turbulência ( guerras, crise política social e política ) da década de 1960, em meio a muitas incertezas, foi um grito de basta, chega! Não queremos mais ser dominados pelo sistema, pela desigualdade de gênero, de expressão. E através dessa nova era que estava começando e tinha como tema o escapismo, surgiu então a nova fase romântica. Com estampas florais, anáguas rendadas, chapéus de palha adornados com flores do campo.

Quando a moda não era romântica a inspiração era no Oriente, Até os Beatles foram à Índia e aderiram o visual com estampas de flores grandes e étnicos exagerados.

Originalmente concentrada em um estilo de vida ideal, sem guerras e competições de ego, surgiu o movimento hippie que acabou virando modismo. O lema era paz e amor! Lembram?

A moda que inspirou no estilo criativo/exuberante, o hippie teve uma exposição global em 1969 durante o festival de Woodstock, em Nova York, influenciando milhares de pessoas a adotar o visual.

Os jovens seguidores desse estilo de vida tinham seu centro em São Francisco e lá se reuniam com seus jeans bordados com aplicações de flores, suas calças boca-de-sino, suas camisas com estampas indianas, suas saias compridas e flores para mulheres  que adonaram os longos cabelos. Será que estamos voltando neste tempo?!

Nesta época foi uma explosão do “feito a mão” que valorizou as tinturas especiais como o “tie-dye” e os trabalhos de “patchwork”, além de toda uma admiração pelo artesanato manual presente até os dias de hoje nas famosas “Feira hippie”.

Pintura tie-dye

estampa tie dye

Patchwork é uma a emenda ou costura de pequenos pedaços de tecido. São quadrados e retângulos que juntos em escala.

patchwork

E assim, para concluir, qual foi afinal, o legado dos anos 1970? Talvez seja luta pela liberdade de expressão em todas as suas dimensões. A luta pelo fim da censura, pela igualdade de condições e oportunidades para homens e mulheres, pela liberdade de opção sexual, liberdade para criar sua própria moda com o “faça você mesmo”, liberdade para dançar como quiser, “dance bem, dance mal, dance sem parar”.

moda anos 70

Já em 2003 surgiu o Hippie Chic ou Boho chic em Londres e Marathan, sua essência é trazer uma imagem clean e polida, que reúne um visual mais descontraído e um olhar mais natural.

A atriz Sienna Miller é uma referência do estilo e foi sensação no festival “Glastonburry”  em 2004 ao aparecer vestida com o novo estilo até então desconhecido.

A atriz, definiu o estilo Boho chic da seguinte forma:

“O verdadeiro boémio chic  é aquele que tem habilidade de apreciar a beleza na sua maior profundidade. Ele é verdadeiro, romântico, não conhece limites, as suas criações são especialmente particulares e formam um mundo à parte. Quem usa e incorpora com sua identidade o estilo boho chic, revela uma pessoa que quer e precisa de se expressar ao invés de se trancar entre quatro paredes”.

Atualmente a moda boho chic entrou no guarda-roupa feminino e ficou!  É moderno e proporciona looks incrivelmente chiques. Muito usado também em festivais de música como o de Coachella na Califórnia.

Looks inspirados no estilo boho – Pinterest

FOTO_1

Saiba quais os acessórios que combinam com o esse “estilo” considerado como criativo ( conheça mais sobre o estilo criativo ) e excêntrico(conheça mais sobre o estilo exuberante ou dramático).

As características marcantes do Boho em bijuterias são os materiais prateados e as mesclas com pedraria, principalmente com tons turquesa e preto. São volumosas, a exemplo dos maxi colares e maxi brincos.

Vejam alguns acessórios em nosso site que possuem a essência do estilo criativo e exuberante na moda boho 👇

Nossas opções feitas a mão na técnica do crochê:

  1. Maxi brinco boho chic crochê sophia (Ref.: MO9002)
  2. Maxi brinco boho chic crochê glam black (Ref.: MO9007)
  3. Maxi brinco boho bhic crochê sensation (Ref.: MO9008)
  4. Maxi brinco boho bhic crochê sunny (Ref.: MO9001)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Modelos excêntricos e cheios de atitude:

  1. Maxi brinco boho chic turquoise (Ref.: MO9005)
  2. Maxi brinco boho chic secret rose (Ref.: MO9006)
  3. Maxi brinco boho chic fabulous black (Ref.: MO8995)
  4. Maxi brinco boho chic black essential (Ref.: MO8997)

Este slideshow necessita de JavaScript.

O que uma “Boho Lovers” não pode deixar de ter no no closet?

✅Tecidos com tons terrosos como caramelo, marrom ou nude;

✅Estampas étnicas;

✅Bijuterias volumosas:

✅Bijuterias com materiais prateados;

✅Bota cano curto;

✅Batas com amarrações;

✅Calça flare com a boca mais larga;

✅Quimono;

✅Saia longa e fluida.

Gente parece que estamos vivendo os anos 70. Existe um nó na garganta, um grito de basta por tudo que vivemos hoje! As reviravoltas no mercado, na industria da moda e a preocupação latente pelo consumo consciente e o futuro do planeta. Ufa! Que demais isso né?!

Marcas do estilo boho chic

https://www.allecordeiro.com/

https://bindoo.com.br

https://www.oshoplive.com

https://www.modayacamim.com.br

 

Gostaram de conhecer sobre o movimento hippie e sua releitura para o hippie chic?  Você já é ou quer ser uma “Boho Lovers”? Mandem suas dúvidas e comentários.

Ver produtos: AQUI

😘😘😘😘😘,
Alessandra Cordeiro

Consultora de Estilo e  Imagem Pessoal 
📩  contato@allecordeiro.com
📱 @alleCordeiroacessórios

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: